4 de julho de 2012

Mercado: qual a melhor Pós Graduação para cursar no momento?



Um contato do meu perfil no "LinkedIn" (veja o perfil clicando aqui) fez uma excelente e muito oportuna pergunta sobre a escolha de curso de Pós Graduação em Direito. Basicamente ele gostaria de saber se a área de direito empresarial é uma boa escolha para um curso de pós graduação. Ele já está um passo na frente de outros estagiários... refletindo sobre a melhor decisão que fará no futuro!

Por coincidência, ontem (03/07) estive na 77a Subseção da OAB SP em Poá (foto ao lado) para uma palestra sobre "Critérios de Fixação dos Honorários Advocatícios - quanto vale o seu trabalho?" (leia artigo neste Blog sobre o assunto clicando aqui)

Lá também fui questionado sobre a importância da Pós Graduação na formação do advogado especialista e o reflexo disso no valor dos honorários advocatícios que um especialista deve/pode cobrar pelos serviços que presta.

Então, pensei que poderíamos escrever um pouco sobre ser especialista a partir da escolha de um curso de Pós Graduação em Direito! 

REGRA GERAL: Qualquer que seja a sua dúvida sobre qual o melhor curso de Pós Graduação fazer, vale uma regra de ouro: é preciso ter foco.

Vamos falar um pouco sobre isso, como ter foco nesse momento! São apenas 3 passos!

1 - PRIMEIRO PASSO: escolha um curso de Pós Graduação em Direito que esteja alinhado com o seu perfil pessoal e profissional (com suas habilidades pessoais e competências técnico profissionais).

Veja algumas dicas!

1.1 - Isso não serve se sua escolha esteja focada em concursos públicos ou para progressão no plano de carreira da empresa onde você trabalha (nestes dois casos, se seu interesse é apenas o diploma, em tese, escolha com base no preço e no tempo de dedicação).

Mas, se o seu objetivo é usar um curso de Pós Graduação em Direito para decolar sua carreira, perceba efetivamente que um curso de especialização deve ter a sua cara!

1.2 - Ter foco é buscar um curso adequado ao seu perfil. O que pensa sobre isso? Com qual área do Direito você realmente gosta de trabalhar? 

Se você não tem habilidade com contas e cálculos, não pense no Direito Previdenciário nem no Direito Tributário, pois no mínimo nestes casos, para ser um especialista no assunto, é preciso ter gosto e aptidão por cálculos...

Se você não tem vocação para o atendimento ao público e paciência para compreender e ouvir as necessidades e lamentações alheias, não pense no Direito de Família...

Então, antes da escolha do curso, faça suas escolhas profissionais e, a partir disso, tenha foco!

1.3 - Muitos advogados possuem profissões ou experiências profissionais que antecedem a advocacia, então, devem considerar estas habilidades para escolher seu curso de Pós Graduação.

Imagine que um empresário do ramo do turismo, dono de um hotel que se torna advogado, poderá buscar um curso que efetivamente fortaleça seu posicionamento no mercado, para atuar como um real especialista no "direito do turismo". Alguém que tem vivência no âmbito político administrativo no município onde atua como advogado, pode pensar na especialização no direito eleitoral.

2 - SEGUNDO PASSO: adeque sua escolha ao seu entorno! O seu curso de pós graduação deve ser aplicável no ambiente profissional e social em que está inserido, tornando-o um profissional efetivamente mais capacitado.

É preciso conhecer o seu entorno. Você conhece o ambiente em que atua ou atuará?

Veja algumas dicas:

2.1 - Pense: se você atua no interior do Estado onde mora, longe dos grande clubes de futebol, dificilmente terá sucesso com a carreira de direito desportivo.

Se você está longe das instalações de refinarias e sítios de extração de petróleo, dificilmente terá sucesso com o estudo do "direito do petróleo e gás". Se sua região é altamente industrializada, será que há espaço para o estudo do "direito agropecuário"?

Então, sua escolha deve ser adequada ao seu perfil (primeiro passo), mas não pode estar desalinhada das suas reais possibilidades de atuação e progresso na carreira (segundo passo).

2.2 - Muitos advogados estão inseridos dentro de uma empresa (departamento jurídico) ou num escritório de advocacia. Atenção!

Se o escritório atua com direito imobiliário e somente isso, qual o curso ideal para continuar ali? Salvo pretendam uma nova área de atuação, alinhe-se ao perfil necessário!

Agora, se o escritório atua em várias frentes e muitos advogados já são Pós Graduados, especialistas em Direito Tributário, será que não é melhor pensar numa nova abordagem?

Isso o destacará do grupo, manterá você numa roda de menor concorrência interna. Então, sua escolha poderá fortalecer, por exemplo, outra área de atuação que precisa de alguém mais preparado na equipe.

Sugiro que converse abertamente sobre isso com seus superiores! Pergunte: qual seria o melhor caminho para o grupo!?

3 - Recapitulando!

Primeiro passo: escolher um curso de pos graduação alinhado ao seu perfil, para trabalhar com o que se gosta, para trabalhar com uma área em que suas habilidades e competências pessoais o destaquem dos demais profissionais.

Segundo passo: escolher um curso de Pós Graduação adequado ao seu entorno, para aproveitar as oportunidades reais que o mercado lhe oferece!

Agora o TERCEIRO PASSO: escolher a instituição de ensino.

Não estude em qualquer lugar, não estude em qualquer curso, não estude com qualquer aluno ou com qualquer professor. Escolha a instituição de ensino adequada!

Veja algumas dicas!

3.1 - Pense que fazer um curso de Pós Graduação é um investimento de tempo e dinheiro! A instituição de ensino deve estar adequada ao quanto seu bolso pode pagar. Ela deve estar adequada ao fator proximidade e deslocamento da sua cidade. Ela pode ser até na modalidade EAD (ensino à distância). Mas, ela não pode ser qualquer instituição de ensino, pois você não pode escolher qualquer curso.

Não invista naquilo que você sabe que não lhe trará frutos! Não escolha sua instituição, sobretudo, isoladamente pelo critério preço!

3.2 - Após definir o seu curso pesquise que instituições o oferecem. Veja o conteúdo programático dos módulos, veja o que efetivamente se estuda.

Veja o corpo docente e procure aqueles em que os professores aliam didática e experiência real de mercado!  Lembre-se, você quer ser especialista!

Alguns cursos são muito teóricos. Para atuar como advogados é melhor um curso com foco prático, com aulas que aliem "teoria e prática", principalmente, se você é um advogado recém formado.

3.3 - Busque uma instituição que tenha tradição no ensino jurídico. Tradição significa ter tempo no mercado, e tempo bem aproveitado no mercado! Veja os resultados da faculdade no Exame da OAB, veja se além de especialização a instituição possui, por exemplo, programa de Mestrado em Direito.

A melhor forma de saber se o curso é proveitoso é perguntando aos alunos que estão cursando o que acham do curso. Investigue isso e pergunte diretamente o que acham. Visitar a instituição no dia de aula, de surpresa, é uma boa! Veja como os alunos se comportam e são recebidos na secretaria, por exemplo.

Fique atento também no seguinte: algumas escolas de Direito estão mais focadas na teoria, outras na prática; algumas no direito privado, outras no direito público; isso pode ser um norte!

4 - Para concluir, gostaria de responder aquela pergunta inicial do meu contato no Linkedin.

Sim. Escolher uma Pós Graduação em Direito Empresarial pode ser uma boa escolha, pois o mercado para o direito empresarial está aberto, assim como está para muitos outros ramos do direito.

Mas, só haverá sucesso se você fizer a escolha certa, ou seja, a escolha mais adequada para você!

Realmente, não existe a melhor escolha. Existe a escolha mais adequada para você!

Então, tenha foco e sucesso!
Grande abraço,


Advocacia Hoje Luis Fernando Rabelo Chacon @LuisFRChacon www.cmo.adv.br

187 comentários:

  1. Boa-tarde Drº. No meu caso, eu gostaria de me especializar em Direito Penal, para atuar no ramo Criminal "é claro!", poderia me informar qual é a diferença entre os cursos de pós ADVOCACIA CRIMINAL e DIREITO PENAL/PROCESSO PENAL, seria a mesma coisa? Acredito que para eu atuar na prática o melhor seria o ADVOCACIA CRIMINAL.
    Poderia me orientar?
    Poderia me indicar algum no RJ?
    Meu nome é Sergio Luiz. Sou estudande de Direito, me formarei no final deste ano. Agradeço e sigo o seu blog, gosto mto das dicas sobre a nossa bela profissão.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Sérgio Luiz, obrigado pela participação! A Pós em Advocacia Criminal tem um foco geralmente mais prático do que teórico e busca formar um profissional para atuação real, na advocacia. Geralmente os cursos de Penal e Processo Penal são mais teóricos e falam das profissões que trabalham do direito criminal de forma mais genérica. Se sua pretensão é advocacia criminal, sugiro o primeiro estilo! Não sei indicar uma pós no RJ nessa área, mas o caminho de escolha é aquele indicado no texto acima! Desejo-lhe sucesso! Grande abraço, Chacon

      Excluir
    2. Obrigado pela atenção!! A sua resposta segue a minha linha de raciocínio. Abraço. Sucesso&Paz

      Excluir
  2. Dr. Luis Fernando,

    Desculpe não ter visto o post anteriomente, o trabalho e a faculdade não estão me dando folga para internet, gostaria de agradecer por ter tirado esse peso da minha conciência. Eu já tenho meu caminho trilhado e bem assessorado por essas linhas de pensamentos que o Dr. expos para seus leitores! Tais ensinamento irão ajudar não só a mim quanto a todos que lerem, uma vez que a maioria dos estudantes de direito não sabem o que seguir ou que parametro deve tomar para chegar ao sucesso profissional.

    Mais uma vez obrigado,

    Att,
    Lincoln Correia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Lincoln, obrigado! Espero mesmo que este texto possa ajudar muitos! Grande abraço,

      Excluir
  3. Prezados,

    Gostaria de saber se há boa aceitação em pós em direito internacional tendo em vista que gostaria de me especializar em relações internacionais.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, a aceitação depende do mercado! Se esse ramo é sua escolha, tenha certeza, a pós graduação cairá muito bem! As relações internacionais, obviamente, não dependem somente das questões legais, mas estas são a base, ou seja, extremamente necessárias! Depois, um curso mais específico em relações internacionais será o suporte para complementar seu CV! Sucesso!!

      Excluir
  4. Dr. Luiz gostei muito do texto, sou advogado recém formado e realmente não tem como se advogar com qualidade em todas as áreas, o profissional deve buscar o seu norte para fazer o que realmente gosta e se acha capaz, e para isso é necessário especializar-se, vejo muitos escolhendo a área criminal porque o retorno financeiro é bem mais rápido do que outras áreas, mas tal área não me seduz devido ao envolvimento com criminosos, delegacias etc, tenho afinidade com Direito tributário, contudo para ser um bom advogado tributarista tem que ser no minimo especialista em tributário, empresarial, e ainda ter noção de contratos cíveis etc..., e ainda tem a questão de advogado recém formado querendo atuar em certas áreas como a empresarial e tributaria enfrentam dificuldade porque ainda não tem "status" social e jurídico para atrair clientes, minha dúvida cruel é porque ainda não decidir se faço uma pós voltada pra advocacia ou uma pós voltada pra o mundo acadêmico visando um Mestrado por exemplo. Atualmente me vejo limitado porque não posso ainda advogar na área que gosto devido ao pouco tempo de advocacia que tenho, na sua opinião o que está em alta na advocacia atual para quem tá entrando no mercado de trabalho agora? o velho "feijão com arroz" do processo civil ou a área penal mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado José Edson, obrigado pelo comentário! O mais importante é alinhar o desejado com o possível no início de carreira. Porém, ter uma meta e foco, ou seja, perseguir essa meta incansavelmente, mesmo que no meio do caminho você esteja advogando em áreas que não está na sua meta. Advocacia se faz com o tempo, mas não é possível perder tempo! Então, sugiro uma Pós Graduação Lato Sensu - Especialização, dentro da sua meta, e que inicie a sua carreira com objetivos bem traçados! Quem acredita sempre alcança!

      Excluir
  5. Caro Dr. Luis: primeiramente, parabéns pelo seu texto! Ela já me ajudou bastante! Leio sempre o seu blog e admiro muito seu trabalho. Se me permite questionar, ultimamente ando meio angustiada pois estou naquela fase "recém-formada perdida". Viso a carreira pública e desejo começar uma especialização, mas estou em dúvida de qual área escolher. Devo optar pela matéria com a qual mais possuo afinidade, ou unir o útil ao agradável e escolher uma matéria que é altamente cobrada em concursos públicos? Estou em dúvida entre direitos difusos e coletivos ou direito de família. Para complicar um pouco mais, a especialização em direito penal e processo penal também me atrai. Desde já, desculpe o incômodo e muito obrigada pela atenção. Jéssica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica, se a carreira pública lhe atrai, use a Pós para reforçar seus estudos, mas não com um curso de revisão (muitos cursos de pós são mera repetição da graduação) e sim com um curso aprofundado (revisão você faz em casa, ok?). Sucesso sempre!

      Excluir
  6. Alesandro de Souza24 de março de 2013 20:55

    Boa noite dr. Luis! Estou naquele vwlho dilema de adv. Iniciante. Moro numa cidade portuária onde existem várias empresa instaladas. Face a isso iniciei uma pós em tributário pensando no futuro, mas verifiquei que vai ser muito difícil entrar no mercado, pois essa empresas cpntratam grandes escritório e fora, então vou deixar essa pós. A quadro real da minha cidade são as vŕis pessos querwndo processar essa empresas e gente querendo se aposentar. Por isso vou cpmeçar a advogar no dto trabalhista, previdenciário e inda dto do consumidor uma ves que trabalhei vários no no juizado especial cível e aí tenho uma boa esperiencia nessa área e me sinto seguro pra advogar. Pergunta: faço uma especialização nessas áreas ou tento por ex. uma pós em dto marítimo visando entar no mercado no futuro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Alesandro de Souza, sua situação é tal qual a de muitos. É preciso tomar uma decisão e a partir disso ter foco. Você pode até atuar na área trabalhista/previdenciária agora e ir se formando na área marítima, mantendo o equilíbrio entre a questão financeira e a questão futura. Fazendo cursos rápidos de previdenciário e trabalhista, mas pensando na Pós em Direito Marítimo ou Aduaneiro! Grande abraço e sucesso!

      Excluir
    2. Muito obrigado pela dica dr. Luis! É bom receber comentários de pessoas experientes. Eu cancelei a pós que estava fazendo em tributário. Como já fiz cursinhos rápidos na área trab. e prev. e mais a experiência que tenho em dto. do consumidor por já ter trabalhado com essa matéria, irei advogar nessas áreas. Quanto ao dto. port. e marítimo vou pesquisar o assunto e verificar uma pós para o futuro. Outra vez, muito obrigado!

      Excluir
  7. Parabéns pelo texto!!
    Não é bem uma dúvida, mas sim um conselho!
    Estou indo pra São Paulo no segundo semestre agora...
    Estou advogando aqui na minha cidade(Campo Grande - MS).
    Me formei em 2010.
    Com relação ao mercado de trabalho de São Paulo(Capital), qual pós o Dr. me indicaria??
    Estou cogitando em fazer uma pós em Direito Processual Civil(pois é uma base para os demais ramos do direito) e posteriormente fazer uma pós direcionada para um ramo específico.
    Levando em consideração o mercado de SP, gostaria da sua opinião sobre o assunto!
    Grato desde já.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado,
      Seu direcionamento está correto! Vá para uma pós mais embasadora e depois foque uma especializada!
      Em São Paulo há vários cursos, para todo tipo de perfil! Se pretende uma Pós focada na prática indico dois cursos onde tenho professores amigos lecionando: Legale, EPD.
      Grande abraço, Sucesso!

      Excluir
  8. Ótimo texto professor.
    Sou formado já tem um ano e meio, sou servidor público e tenho impedimento e incompatibilidade para advogar. Estou saturado no trabalho e concurseiro que sou, fico estudando para concursos, mas não quero ficar mais no meu trabalho. Gostei muito de direito previdenciário e acho que o ramo de direito imobiliário está com um mercado ótimo na minha cidade (BH), porém, sempre gostei de direito penal (mexer com o crime,rs). Nessa confusão de pensamentos estou pensando seriamente em fazer uma pós em previdenciário ou imobiliário e deixar de lado a área penal (apesar de gostar tanto). O senhor acha interessante eu me dedicar a uma pós em previdenciário (ou imobiliário) e apostar todas as minhas fichas nessa área ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sua reflexão é importante e precisa com isso desenhar seu foco. Aquele que busca um objetivo e investe nisso de verdade sempre encontra resultado. Veja qual das duas áreas lhe trará maior facilidade na captação de clientes ou no alcance de alguma vaga de trabalho em escritório de advocacia. Esse é o ponto de partida e, escolhido, manda bala!

      Excluir
  9. Muito obrigado pela resposta Dr.

    ResponderExcluir
  10. Dr., seu texto foi muito esclarecedor. Gosto de política, minha família é envolvida, então penso que uma pós em direito eleitoral seria interessante. Contudo, para completar, penso também em fazer em direito público. O que o sr acha? Qual seria a instituição mais indicada: Puc de Sp ou EPD?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se quer mesmo o Eleitoral como atuação, busque essa pós desde já, pois é um mercado que precisa de tempo para amadurecer! Para eleitoral, PUC ou EPD mesmo! Abraços

      Excluir
  11. Olá, Alguma indicação para uma pós em direito falimentar e recuperação judicial?
    Um abraço
    fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Fernando,
      Em SP a Pós do Mackenzie, em Empresarial, pode atender sua necessidade! Atenciosamente,

      Excluir
  12. Bom dia, Luis Fernando Rabelo Chacon.
    Há +/- 1 ano estou tentando discernir que pós fazer e até hoje não fiz nenhuma opção. Peço, por gentileza, que me ajude a clarear algumas ideias. Pretendo prestar concurso para o CFO da PM/MG e o título de pós me ajudará com a pontuação no certame. Ocorre que tenho o desejo de num futuro próximo me dedicar à área acadêmica. Resumindo: quero o título, quero dar aulas e quero também algum curso ligado às disciplinas do concurso. Sempre gostei bastante de Direito do trabalho, mas para o concurso em si não me ajuda em nada, já que as matérias são direito constitucional, administrativo, penal e processo penal. Então fica a dúvida: devo optar pelo direito administrativo/constitucional que tenho mais intimidade ou devo optar pelo direito penal que tenho mais dificuldade, pois nesse último caso a formação me ajudaria com os estudos para o concurso.
    Percebe-se que estou perdida, sem foco. Por isso, peço sua ajuda e desde já agradeço pelo post e pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A melhor opção é a matéria qie tem mais dificuldade para matar dois problemas num curso só. Deixe a outra opção para o futuro, quando a situação será mais fácil.

      Excluir
  13. Parabéns, Parabéns e Parabéns. Estava cego, agradeço a você e ao Google. Brilhante artigo. Você ajudou uma pessoa, e esta pessoa sou eu. Um advogado sem estímulo, buscando um norte. Tenho certeza que lá do alto existe sempre uma recompensa para aqueles que servem nesta vida, ou servem para sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre há recompensas... fico feliz por saber que ajudei você! Divulgue nosso trabalho, isso é o que lhe pedimos como contraponto! Sucesso!!

      Excluir
  14. boa tarde professor poderia me recomendar qual o melhor curso de pos graduaçao em sao apulo em penal, e se o mercado esta aberto para novos profissionais .abçs e agradeço a ajuda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um curso com bons professores, não somente com títulos, mas experiência prática. Veja no site ou ligue na instituição escolhida e pergunte sobre os professores, depois consulte na internet sobre eles, veja vídeos e conheça o currículo profissional deles! Sucesso!

      Excluir
  15. Boa noite! Sou recém-formada e gostaria de uma indicação para pós-graduação em Direito do Trabalho ou Direito Penal em Recife-PE. Vale salientar que gostaria de um curso para me inserir no mercado como advogada. Adoro Penal e Trabalho, o que seria mais acessível para o mercado atual? Obrigada antecipadamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada, reitero a resposta anterior, logo acima, quando indico que pesquisem o perfil dos professores. Pós graduação exige professores com experiência prática. A área trabalhista, do ponto de vista da formação profissional, é mais valorizada por quem contrata e para quem está no começo da carreira é mais eficiente! A demanda também é mais volumosa no momento que o país vive. Mas, a paixão pelo que se faz é imprescindível! Sucesso!

      Excluir
  16. Olá, Professor!

    Eu demorei para decidir que pós fazer, e pensando acabei escolhendo a área de Ciências Criminais(Penal). Eu anteriormente havia pensado em fazer Direito do Trabalho, mas como na minha cidade(Salvador) tem um curso de Advocacia Trabalhista Passo a Passo de curta duração em torno de - 2 meses, preferi fazer pós em ciencias criminais e logo após concluir esse curso fazer esse de Advocacia Trabalhista passo a passo. Será que fiz a escolha certa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pretende atuar com Direito Criminal, mantenha esse foco. Mesmo que para se manter financeiramente a área trabalhista lhe sirva até que não seja mais necessário! Vá em frente!

      Excluir
  17. PROFESSOR, ESTOU ESTUDANDO PARA O EXAME DE ORDEM E ME INSCREVI PARA EMPRESARIAL NA SEGUNDA FASE. TENHO AFINIDADE! AQUI ONDE MORO TEM UMA INDÚSTRIA DE AÇO. ESTE SERIA O MELHOR RAMO PARA UMA PÓS? ACONTECE, QUE ME PARECE QUE OS CURSOS DE PÓS EM FORTALEZA SÃO BASICAMENTE O QUE É MINISTRADO PARA SEGUNDA FASE DA OAB. CONHECE ALGUM CURSO DE PÓS EMPRESARIAL EM FORTALEZA VOLTADO MAIS PARA A PRÁTICA EMPRESARIAL? E ESTE SERIA MESMO A MELHOR PÓS A SE FAZER, TENDO EM VISTA O MEU ENTORNO? VALEU!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Pós a escolher depende de vários fatores. O entorno é um deles. Observe que gostar do que se estudará é mais importante ainda. Mas, veja se tais empresas não preferem contratar advogados para atuar em outras áreas como contratos, tributário, trabalhista e se dedicam a escritórios grandes quando o tema é empresarial! Pense nisso! Sucesso!

      Excluir
  18. Boa tarde Professor Luis Fernando, meu nome é Gabriel e sou recém formado em direito e sou advogado me especializando em direito civil e p. civil pela ESA/PB. Lendo seus comentários percebi que cursar a especialização e ao mesmo tempo estudar para concursos talvez não seja uma boa ideia, porém eu penso em um concurso como procurador(advogado) municipal ou estadual para aí sim abrir meu próprio escritório, tendo em vista que eu teria uma renda fixa mensal para arcar as despesas. Eu lhe pergunto, é um bom caminho? como fazer para a captação de clientes e forma saudável? meu foco é com pessoas jurídicas, eu moro em joão pessoa e o mercado não é amplo como nas grandes metropoles, precisa-se captar clientes no interior. Qual dica você me daria para seguir? abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Gabriel, é preciso ter muito controle para estudar e advogar. Porém, se o objetivo final, mesmo depois de um concurso, é advogar, torna-se essencial que a advocacia comece imediatamente, mesmo que equilibrada com um estudo! Sobre as ideias de MKT leia outros posts do BLOG! Há várias dicas neles! Abraços

      Excluir
  19. Olá Dr.Luis, Me chamo Bruno e sou residente em Brasília. Por morar na Capital, enxergo na área de Direito Administrativo um potencial enorme . O que o senhor acha dessa área de atuação? E dentro de Administrativo existe alguma parte específica que merece uma atenção maior? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente há muita oportunidade, ainda mais onde você está! Aí há uma imensidão de possíveis sub-áreas de atuação. Acredito que você deva pensar naquela que lhe agrada, onde tem mais facilidade e sobretudo onde acredita que terá mais chances de atuar/ter clientes! Abraços

      Excluir
  20. Bom dia! Há algum tempo postei minhas dúvidas e fui muito bem respondido, o que me ajudou muito! Mas uma vez obrigado! Acontece que minha situação mudou agora. Antes estava iniciando a abertura de escritório com outros advs. onde eu iria atuar em dto. trab. e prev.. Acontece que aceitei e fui nomeado recentemente como assessor de juiz pelo tjpr, em virtude do salário fixo, razoavel estabilidade e necessidades atuais. Dúvida! Tenho esperança em advogar futuramente. Moro em cidade portuária, estou pensando em fazer pós em dto marítimo e estudar p/ concurso da Antaq já que no momento ñ posso advogar. Vc acha que estou no caminho certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim Alesandro! Esperar um pouco como a nova carreira se mostrará para você, sobretudo, pela satisfação e se necessário redirecionar. Quem sabe, o concurso como apontado seja uma ótima pedida! Sucesso!

      Excluir
  21. Boa Tarde Dr. Luis Fernando Rabelo Chacon, me chamo Kennedy, e primeiramente gostaria de parabeniza-lo por esta excelente iniciativa de utilizando sua experiência e seu conhecimento, ajudar pessoas recém formadas que buscam um norte. Nem todos pensam assim, vejo professores dentro de sala de aula que com medo de competição não dão as orientações corretas, bem como alguns profissionais da área, já estabilizados que também agem da mesma forma.
    Bem vamos a minha dúvida.
    Sou apaixonado pela área de Direito Internacional, pretendo me dedicar a ela a futuramente prestar concurso para Diplomacia. Entretanto, como nem tudo são rosas, antes tenho que começar a ganhar dinheiro, para depois atingir meus objetivos. Vivo no sul de Minas Gerais, e não vejo muito futuro para essa área por aqui, acredito que seja mais nas capitais (gostaria de sua opinião). De qualquer forma gostaria de fazer uma pós, porém existem algumas dúvidas ainda.
    1- Pós (lato-Sensu x especialização) ou Mestrado na área?
    2- Faço uma pós para adquirir uma estabilidade financeira, tipo Cível, Penal ou outras áreas em expansão ou faço Direito Internacional mesmo correndo o risco de não conseguir ganhar dinheiro?
    Obrigado e mais uma vez parabéns pela sua iniciativa. "Ipsi sciencia potestas est" e compartilha-lo é sinal de grandeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro, muito obrigado! Fico feliz ao ler seu post! Quanto ao conteúdo das dúvidas, lhe digo, respire fundo. Sei que a decisão não é fácil. Se existe mesmo necessidade do curso para obter uma oportunidade de trabalho e renda, logicamente, escolha com esse foco. Quanto ao direito internacional e o objetivo de carreira nesse sentido, é preciso pensar num curso mais profundo e teórico, sendo que há cursos específicos até mesmo para essa carreira. Sucesso!

      Excluir
  22. Professor, boa noite! Primeiramente, adorei seu texto e sempre acompanho seu blog. Eu vou me formar esse ano, mas infelizmente nunca estagiei, pois precisei trabalhar todos esses anos da faculdade pra poder pagar o curso. Agora vou me formar e não tenho experiência nenhuma (exceto por quase 2 anos trabalhando na Corregedoria Estadual como cargo comissionado) e estou com várias dúvidas na minha cabeça... Estou estudando para a OAB e pensei em concurso (TRT). Gosto de Dir. do Trabalho, mas estou perdida. O que fazer? Me dê uma luz, rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostar é o primeiro e mais importante passo. Pense numa Pós Graduação com boa visão prática dos conteúdos e não apenas teórica, ok? Sucesso!

      Excluir
  23. Professor o Sr. leu o meu email?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro, se possível me envie mensagem pelo Facebook, ok? Abraços

      Excluir
  24. Agradeço muito pelos post, me ajuda bastante. Escrevo pela primeira vez, em um momento que estou com dúvidas em qual seria a pós adequada. Quero ser advogada pública, mas preciso de atividade jurídica, que não tenho. Então busco uma pós que possa me dá prática e ao mesmo tempo conteúdo para concurso. Seria impossível? Aqui no Rio de Janeiro teria alguma opção? Estou entre a FESUDEPERJ, FEMPERJ, IBMEC, EMERJ, enfim, como pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço esses cursos do RJ, infelizmente. Busque conteúdos e professores mais teóricos do que práticos, converse com ex-alunos ou alunos para compreender isso. Para concurso vale mais uma Pós teórica! Abraços

      Excluir
  25. Boa tarde Doutor,

    Meu nome é Tatiana, também sou recém-formada e tenho dois objetivos basilares para iniciar a Pós graduação: A uma, títulos para concurso público. A duas,especialização para qualificação profissional (já que é necessário o lador até que chegue o feliz dia da "nomeação"). Iniciarei dois cursos Lato sensu no próximo mês: o primeiro por motivo conjunto de conveniência profissional e identificação pessoal que é a especialização em Dir. Imobiliário. Consoante o segundo curso é que me recai a dúvida entre Direito Tributário ou Direito Público e Tributário. Saliento que minha dúvida acerca do segundo curso de Pós a escolher está no fato de que acredito ser o Dir. Tributário um ramo com boas chances de retorno financeiro. Contudo, penso se a Especialização em Direito Público & Tributário me prepararia para atuar conjuntamente na Advocacia Tributária e no ramo de Licitações e Contratos. Essa é a dúvida, por isso fica a pergunta: o senhor sabe qual é o mercado de trabalho do Advogado especializado em Direito Público? Ainda pergunto: Sabes qual é o papel do advogado na area de Licitações e Contratos Públicos? Doutor desde já, muito grata pela sua imensurável colaboração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Direito Público é muito amplo. O Direito Administrativo também. Pensando na atuação em Direito Público é preciso compreender em que setor/área do direito administrativo teria facilidade para atuar. O setor de licitações pode ser um bom caminho neste sentido. O advogado neste segmento precisa estar bem ligado ao ambiente da administração pública onde atuará e até mesmo no segmento das empresas que atenderá, ou seja, entender das peculiaridades exigidas num ou noutro edital. Logicamente, além disso, domínio e experiência teórica e técnica no segmento. O advogado vai atuar desde a orientação do cliente sobre a opção de participar ou não, até efetivamente acompanhá-lo nos momentos de elaboração da documentação e sua entrega, bem como, se necessário, agir administrativa ou judicialmente em seu interesse. Abraços

      Excluir
  26. Professor,
    Boa tarde. Sou advogada há 1 ano e seis meses e iniciei um curso de pós-graduação em Direito administrativo. Porem, apesar de gostar muito da área, estou incerta em relação ao mercado de trabalho no RJ Capital. Alguma dica? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Direito Administrativo é amplo, permite atuação em algumas áreas complementares como Licitações, Ambiental, e tudo o mais que dependa de efetiva atuação direta ou indireta da administração pública. O importante é ter foco, escolher uma área mais específica para focar o direito administrativo! A Copa do Mundo taí, o turismo pode exigir direito administrativo também! Sucesso!

      Excluir
  27. Bom dia! Trabalho há cerca de 5 anos em escritório que atua na área de Direito Tributário, principalmente com processo judicial tributário. Recentemente me graduei também em Ciências Contábeis. Busco aprimorar meus conhecimentos, em contencioso administrativo e judicial tributário, Direito Material Tributário e Planejamento Tributário. Assim, lhe peço a gentileza de indicar qual seria a melhor opção de Curso de Pós ou MBA na Região de Campinas?
    Desde já agradeço a atenção,
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você precisa de cursos focados na prática, com professores experientes no conteúdo ministrados dentro e fora da sala de aula. MBAs de alto impacto são oferecidos na própria cidade de Campinas. Além disso, cursos rápidos e específicos em determinado tributo, por exemplo, pode ser interessante! Abraços e sucesso!

      Excluir
  28. Olá Dr., pretendo fazer uma Pós em Direito do Trabalho, estou em dúvida quanto às melhores instituições entre Rio e São Paulo, poderia me indicar alguma que observe os critérios de escolha que expôs acima, tal como a íntima relação com a prática?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dra., seria interessante visitar a instituição, conversar com o coordenador e até mesmo falar com alunos e ex alunos do curso. Essa é amelhor ferramenta de verificação! Abraços

      Excluir
  29. Dr. Luis, Socorro! rs
    Tenho 28 anos e sou advogado com apenas um ano de inscrição na OAB. Atualmente trabalho com contratos bancários. Preciso focar minha carreira. Estou disposto a fazer um curso de especialização em direito e de iniciar o estudo da língua inglesa. Mas também estou nessa: Qual curso devo fazer? Acredito que não tive uma influência familiar ou enquanto acadêmico suficiente para fazer a escolha. Gosto da área criminal, mas também não pretendo manter contato com essas pessoas, acho muito arriscado. Processo civil, embora seja a "regra do jogo" não penso que é tão específico. Tributário: Odeio cálculo, mas estou pensando seriamente em quebrar essa barreira. Trabalho: acredito que é possível "se virar" sem uma especialização. Então, tem dúvida pior que essa? (rs) Por favor, você pode me ajudar a direcionar a minha carreira? Obrigado.

    ResponderExcluir
  30. Do que você gosta? O que sabe fazer? Quais oportunidades surgem disso? Esse é o primeiro passo, ver tais respostas e avaliar!! Obrigado

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde. Sou advogada e procuro uma especialização na área de Petróleo e Gás, na cidade do Rio de Janeiro. Seria melhor um MBA ou uma pós graduação? Alguma escola específica? Grata,

    ResponderExcluir
  32. Dr. Luis, estou numa dúvida. Terminei o Curso de Direito em 2011, trabalho numa empresa no Departamento Jurídico, todavia meu sonho é passar num concurso.Mas enquanto estudo para concursos gostaria de fazer uma pós graduação.
    Pensei em fazer pós em Direito Empresarial, na FGV, todavia não me imagino trabalhando no setor privado, apesar de achar lindo um advogado de uma grande empresa atuando.
    Amo Direito Penal, mas não gostaria de atuar. Penso em fazer pós na área trabalhista, posto que muito dizem ser vantajoso, falando em honorários. O senhor acha que pós nesta área hoje em dia é vantagem? Qual a instituição que me indicaria para cursar? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve decidir e ter foco. O que pretende no futuro determinará o curso a escolher. Concurso é um caminho, advocacia é outro. Reflita.

      Excluir
  33. Dr. Luis,

    gostei muito do seu texto. Gostaria de saber se o sr. indica fazer uma pós de Direito e Processo do trabalho na EPD online.

    Obrigada,

    Manuela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu!!! Eu não conheço esse curso! Peça para ver uma aula!!

      Excluir
  34. Olá Dr. Adorei o seu texto. Muito esclarecedor; Li também todos os comentários. Sou advogado formado em 2005. Somento atuei como advogado nos estagios supervisionados da faculdade do 7º ao 10º período. Depois de formado, raramente atuei. Mas dei muita consultoria para amigos e colegas de serviço. Trabalhei durante 20 anos para um banco aqui em BH. Trabalhava como Analista de Sistemas. Por este motivo, nunca pude advogar. Não dava para largar o emprego que era o meu sustento e o de minha família para poder atuar na área jurídica. Mas agora a coisa mudou. Após 20 anos, fui dispensado no início deste mês do banco. Na verdade eu já estava saturado a muito tempo desta área de TI. Por isso que eu fiz o curso de Direito e me identifiquei desde logo. Foi amor a primeira vista. Foi como arrumar uma amante. Amor proibido, rsrsr. A muito já queria mudar de área profissional.Acho que agora chegou a hora. Com o acerto da empresa, dara para aguentar um tempo (mas não muito) até me recolocar no mercado. Gostaria que me indicasse um bom curso lato sensu aqui em BH para a área empresarial e tributária. Me disseram que o direito tributário da um bom retorno financeiro, mas não sei como é o mercado de trabalho. Já o empresarial é o que estou inclinado a fazer, apesar de também não conhecer o mercado para esta área. No acerto do banco, por força de acordo sindical, eu terei uma verba de R$1800,00 para realização de curso de recolocação profissional e gostaria de usar esta verba para fazer esta especialização. Desde que optei por fazer Direito, sempre quis atuar nesta área e acho que agora é a hora. Sei que na área de TI seria mais fácil a recolocação, mas eu já me saturei e gostaria realmente de atuar com o Direito. Desde já agradeço sua atenção. Abraços.

    ResponderExcluir
  35. Sucesso!!!!!! Busque um curso de aula presencia e com conteúdo pratico em detrimento do teórico. Fale com alunos e ex alunos, é a melhor pesquisa!

    ResponderExcluir
  36. Dr. Luis, obrigada pelos conselhos. Estou interessada em cursar mestrado em direito empresarial, tem alguma instituição renomada para indicar? Eu vi esse curso na IICS, mas não sei da reputação. Pode me ajudar? Obrigada desde já. Abs, Cristiane Menezes.

    ResponderExcluir
  37. Prezado, boa noite! Necessito de conselhos. Sou recém-formado e atualmente trabalhando num escritório de advocacia, atuando na área empresarial/cível, e decepcionado com o salário de "iniciante". Meu objetivo sempre foi concurso, mas está difícil conciliar trabalho + estudos para concurso. Assim, pretendo fazer uma pós para que seja possível eu realizar estágio de pós, que paga um valor maior de salário e trabalha 6hrs, me possibilitando ter mais tempo para estudar para concurso. Dessa forma, a dúvida é qual pós eu faço que me auxilie em concurso? Administrativo, Constitucional ou Direito Público? Meu foco inicial são concursos menores, nível médio ou de analistas de tribunais e pretendo fazer a pós na lfg ou damásio, que são apenas em 1 dia da semana. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro, pós para concurso é civil ou público. Matérias extensas e de grande diversidade de temas. Desejo-lhe sucesso! Pesquise no BLOG uma matéria que escrevi sobre "conciliar advocacia e estudo"... reflita! Abraços

      Excluir
  38. Boa noite! Primeiramente gostaria de dizer que adorei o post.
    Em segundo lugar, gostaria de saber sua opinião sobre fazer uma pós em processo civil em 2014... Vc acha que compensa? Pergunto isso em razão das alterações do CPC... meu currículo pode ficar desatualizado? Obrigada desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o curso prometer se adaptar no meio do caminho e ou ir já trabalhando de forma comparada, bom, caso negativo, escolha outro por enquanto! Abraços

      Excluir
  39. Dr. Luis, Boa noite!
    Ótimos conselhos, mas vou abusar um pouquinho....rs
    Formei-me há 6 anos e por 5 anos continuei como gerente de vendas de uma indústria. Há 1 ano prestei OAB e resolvi advogar.
    Sou generalista em um escritório bem pequeno e a maioria dos processos são trabalhistas, cíveis e família.
    Trabalhista não é o meu foco, mas cível e família estão me cativando muito, no entanto, por não gostar de processo civil na faculdade, hoje é ele quem mais me faz falta.
    Estou desatualizada e já esqueci muita coisa que aprendi na parte processual.
    Para o futuro a intensão é continuar advogando e quem sabe tentar a magistratura.
    Diante deste quadro, pensei em fazer especialização em processo civil no Mackenzie.
    Acha que estou seguindo um raciocínio correto, já que a magistratura também vai exigir de mim amplo conhecimento processual?
    O fato de não ter gostado desta matéria na faculdade vai me desestimular no curso ou será justamente o contrário, já que está me fazendo tanta falta?
    E por último, Mackenzie ou PUC?
    Muito obrigada!!!
    Natasha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siga com foco!!!! MACK é melhor para o mercado de trabalho (prática)! Abraços e sucesso!

      Excluir
  40. Dr. Luis Boa Noite!
    acabei de me formar em direito e gostaria de trabalhar interno dentro de empresas de grande porte, qual seria o setores disponíveis para esse segmento? sem OAB posso trabalhar dentro destas empresas em determinados cargos na área? fui empresario durante toda minha faculdade, em qual setor trabalhar para poder levar comigo esse conhecimento de todo o tempo em que fui empresario, visto que, gosto dessa área empresarial.

    Gustavo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, existem vagas para bacharéis sem OAB, mas são poucas e específicas. Recomendo iniciar uma pó sem Direito Empresarial ou Trabalho e focar na OAB! As duas coisas facilitarão!!

      Excluir
  41. Dr. Luis boa noite! Acabei de me formar (1 mês) e estou com sérias dúvidas. Tive a oportunidade repentina de fazer minha pós, porém, como não era planejada, estou perdida quanto a escolha e preciso dar meu posicionamento junto a Instituição em breve (ganhei uma espécie de bolsa). Quero advogar apesar das diversas tentativas de me convencerem a prestar concurso. Minha pergunta é: diante desta situação, qual é a melhor escolha? Tenho intimidade com Direito Civil, mas o curso oferece tal matéria voltada ao Empresarial o que não quero. Pensei no Direito do Trabalho e Processual para me aprofundar na matéria. Também em Previdenciário, por ter a pretensão de atuar em algumas causas neste ano, entretanto tenho receio de não colher frutos posteriormente já que as causas são de uma atuação conjunta temporária. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitas variáveis. A questão financeira e seus desejos devem de forma equilibrada falar mais alto. Busque foco, converse com colegas ou familiares...

      Excluir
  42. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  43. Boa noite, Dr Luiz
    Acompanho sempre o seu blog, estou no sétimo semestre de Direito e desde o início da faculdade venho pensando em Direito Internacional e contratos , meu inglês é mediano e já comecei meu curso de inglês e começo o mandarim no ano que vem de olho na globalização e onde se insere hoje a China e seus crescentes negócios ao redor do mundo e também como potência.
    Preciso de uma orientação, o que pode me indicar, tenho tempo para me especializar , sou servidor público trabalhando à noite em um hospital de Brasília e
    pretendo fazer uma especialização nos Estados Unidos daqui a 5 anos depois da formatura e uma pós em direito empresarial e contratos,mais especificamente na área de importação e exportação. continuarei trabalhando à noite e se possível advogar durante o dia. Como disse preciso de uma orientação pois adoro direito internacional e pretendo seguir essa área,não importando o quão difícil será.... agradeço se puder responder....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pense primeiro na pôs graduação como forma de iniciar esse caminho!

      Excluir
  44. Professor, como já lido em seu texto e já comentado acima, a pós graduação não é tão importante para quem quer ingressar em concurso público,
    Mas e em caso de desempate na aprovação em um concurso, a pós graduação não conta como critério de desempate?
    Nesse caso para quem pretende ingressar na carreira jurídica através de concurso público, qual a melhor especialização escolher, seria pós em direitos difusos e coletivos? Do que se trata exatamente essa especialização?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para o concurso, verifique o edital de cada um que for prestar, há variáveis. Quanto ao conteúdo do curso mencionado, veja as disciplinas e ementas...

      Excluir
  45. Caro Dr. Luis
    Boa noite!
    Gostei muito do seu Blog e pretendo seguí-lo pelos próximos anos de minha vida( rss).
    Senhor, tenho uma dúvida que acho ser a mesma de muitos que ler este Blog:
    Sou funcionário público (Auditor Fiscal de Tributos Estadual) e prestes a me formar (final de 2014). Como vê, trabalho com o direito tributário a muitos anos e estou em vias de me aposentar (faltam 3 anos) com a pretensão de advogar. A dúvida que me vem atormentado é a que não me deixa decidir em qual ramo do direito eu devo atuar,pois, gosto de muitas áreas. Pensei na área penal, amo-a, mas, o fato de defender uma pessoa que assassinou um pai de família(mesmo usando o jargão que estarei defendendo o assassino do estado e não contra a família que perdeu o seu ente querido), me faz repensar a idéia. A área tributarista, como se diz aos quatros cantos que é uma área que dar muito retorno, eu não a vejo com por este prisma, mas poderia atuar nesta área sem problemas, por fim, eu diria que sou uma pessoa sem foco, sem decisão para qual área me direcionar: Penal, Tributária, Trabalhista.
    Por isso, dada a sua experiência, Doutor Luis, venho a presença de Excelência pedir uma ajuda de direção para sanar esse conflito interior, observando que este conselho é muito importante para a minha carreira como advogado.
    Deixo o meu abraço e o meu carinho a vc e a todos os que militarm ou pretendem militar neste mundo do Direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer o que gosta aliado ao que se sabe fazer bem feito é o melhor para obter bons resultados num prazo razoável!

      Excluir
  46. Bom dia Drº Luis, amei o post acima.
    Contudo tenho algumas dúvidas, sou graduada há dois anos
    e recém aprovada no exame de ordem, antes trabalhava no fórum em diversas funções, mas sempre na área cível, mais especificamente no Juizado Especial (conciliadora, assistente de Juiz, Secretária de Juizado, auxiliar de escrivania etc...), um tempo no cartório da 2º vara cível, execução fiscal, hoje trabalho em um escritório que atua em diversas áreas, a menina dos meus olhos sempre foi o MP, e a advocacia criminal muito me atrai, mas não sei se é o caminho certo a seguir, vez que mulher nessa área é bem complicado, não só pelas dificuldades da profissão, mas com o próprio preconceito da sociedade o que estou sentindo na pele, nos últimos dias!!! Enfim Gosto da área trabalhista, mas pra estudo prefiro e me identifico mais com a área penal, e agora qual pós fazer??? Trabalho seria $ quase que imediato, penal seria o começo de uma preparação para uma carreira no MP, e ao mesmo tempo me daria mais segurança para advogar nessa área, o que me aconselha drº?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliar as possibilidades atuais, até pela questão financeira, e planejar um plano B a médio prado seria uma boa! Sucesso!

      Excluir
  47. Anna Carolina de Pina Jaime Naves22 de abril de 2014 16:47

    Obrigada pelo seu texto!
    Estou prestes a formar, escolhi a advocacia e já sei minha área de especialização: Direito e Processo do Trabalho. Mas a grande dúvida vem em seguida: o que fazer depois de formada?
    Sou de Goiânia-GO e vou me formar pela UFG, mas Goiânia não dispõe de nenhuma especialização de qualidade, nenhuma; e há uma fama de que os escritório daqui são muito familiares/fechados e que não contratam advogados para não ter que dividir honorários; as empresas, por sua vez, contratam advogados especializados com renome para cada causa específica ou contratam diretamente os escritórios. Além disso, sou uma das únicas entre meus conhecidos que quer a advocacia; e dos outros que também o querem, ou vão trabalhar com os pais ou vão abrir escritório sozinhos, sem interesse em sociedade.
    Estou em uma fase de dúvidas. Cogito seriamente escolher uma boa especialização em outro estado e mudar, mas fico na dúvida se conseguirei ser contratada por algum escritório ou empresa nessa outra localidade, porque precisarei ajudar meus pais a pagarem pela minha pós e pelo meu custo de vida, que aliás não pode ser muito caro (por isso, eliminei São Paulo, Rio de Janeiro...)
    Pensei em procurar na região Sul (olhei com mais atenção a Universidade de Caxias do Sul), porque aparentemente possui muitas pós em faculdades de qualidade e boas ofertas online (busca preliminar que por enquanto posso fazer) de vagas de emprego para advogados, em escritórios e empresas. Por outro lado, muitos dizem que a região Sul está "encolhendo" e que os profissionais estão saindo de lá para irem para outras regiões.
    Enfim, não sei se isso é o melhor a fazer...

    ResponderExcluir
  48. Dr., primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo post, realmente é de grande auxílio a nós recém- formados! Bom, minha dúvida é semelhante a de todos aqui!Me formei há 3 semanas. Meu foco desde quando iniciei o curso, foi concurso público, na área da defensoria ou magistratura, mas sei que preciso advogar um tempo antes ou conseguir passar em um concurso relevante para o tempo exigido dos 3 anos. Hoje, como estou iniciando a fase da advocacia, vejo a necessidade de uma especialização. Tenho mais afinidade com o Direito Penal, mas pretendo lecionar futuramente, pensei talvez em uma pós em Constitucional. Levando em consideração na maior facilidade de captar clientes neste início, imaginei fazer Civil e Processo Civil. Neste segundo semestre tem alguns concursos abertos na área judiciária para cargos médios aqui na nossa região. Acha que seria melhor me dedicar a cursinhos preparatórios nesta área, tendo em vista que também me atrai ou me aconselharia o inicio de uma pós para dar-me suporte na advocacia até completarem os 3 anos de atividade jurídica exigida nos editais dos concursos almejados? Moro em Uberlândia/MG. O que me aconselharia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marianne, é preciso escolher e ter foco! se pretende concurso, dedique-se mais à isso do que à advocacia! Abraços

      Excluir
  49. Dr. parabéns pelo texto!
    Sou de uma área totalmente fora do Direito, trabalho no RH de uma empresa no qual temos bastante processo trabalhista, temos também um escritorio de advocacia terceirizado, devido a isto tenho interesse em fazer uma Pós em Direito Trabalhista e gostaria de saber se essa Pós me trará um conhecimento mais a fundo nos casos de evitar ações trabalhistas? Ou caso vc possa me explicar em resumo simples o que ela pode agregar na minha carreira.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo depende do curso e da faculdade, mais da faculdade e dos professores ainda. Pesquise a ementa e o modelo de aulas, afastando-se de aulas teóricas. Abraços e sucesso

      Excluir
  50. Parabéns pelo texto muito bom!
    Tenho interesse em fazer uma Pós em Processo Civil, a minha duvida é somente em relação a instituição, qual seria a melhor nesta área, poderia dar uma indicação, tenho três faculdades que pesquisei e achei bem interessantes o Mackenzie, Damásio de Jesus e EPD. Na sua opinião qual seria melhor.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada, é preciso conhecer o corpo docente e o perfil do curso. Nem sempre queremos muita teoria, por exemplo. Falar com ex alunos é ideal! Sucesso

      Excluir
  51. Dr. Luis, bom dia.

    Tenho interesse em realizar uma Pós Graduação em Direito Eleitoral e Processo Eleitoral, minha dúvida seria em qual instituição de ensino.

    Qual melhor instituição no Brasil? Moro no Ceará.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Infelizmente na sua região não conheço os cursos. Porém, o ideal é pesquisar com ex-alunos e também visitar a instituição antes de se matricular. Sucesso!

      Excluir
  52. Dr. Luis Fernando, gostei muito das suas dicas, elas são enriquecedoras. Tenho uma dúvida que não quer calar. Sou formada em Secretariado Executivo e estou super interessada em fazer uma pós graduação em Direito empresarial,me identifico bastante. Você saberia me informar como poderei atuar? Pois advogar creio eu que não posso por não ter o Bacharel em Direito. Help me please.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, que interesse bacana! Acredito que, no seu caso, ao invés de uma pós graduação, seria interessante diversificar com cursos livres e de menor duração, aliados à leitura de material vinculados aos temas, ok? A Pós Graduação vai gerar uma profundidade desnecessária para o seu caso, justamente porque não poderá advogar. Grande abraço e sucesso!

      Excluir
  53. Mestre, parabéns pelo blog, quantas pessoas já foram ajudadas por seu trabalho!

    Por favor, me dê um conselho: sou recém-formado e prestes à fazer pós lato sensu. Estou na duvida entre Direito Constitucional Aplicado e Direito Público. O que acha? Tenho afinidade com a matéria desde o meu contato na 2a fase do Exame de Ordem, em Direito Constitucional...

    Como é o mercado para essas áreas?

    Agradeço muito desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor, é muito importante compreender o cenário de sua possível atuação como advogado no início de carreira. Isso varia conforme a cidade e ou a região. A Pós LS deve ser útil, deve ser "mão na massa" para ajudar neste começo! At

      Excluir
  54. Bom dia, professor Chacon!!

    Como a maioria dos comentários acima, venho também trazer minhas angústias.
    Sou recém formado, e também há pouco obtive minha aprovação na OAB. No momento estou pensando qual Pós devo fazer, e é nesse ponto que se encontram os meus questionamentos.
    Tenho claro pra mim, que o meu sonho maior é lecionar, no entanto, sei que esse objetivo ainda está um pouco distante, e que para alcançá-lo devo trilhar um caminho. Mas para iniciar essa caminhada tenho algumas dúvidas, pois não sei se começo uma Pós em Tributário (que é uma área que tenho muita afinidade), penso também em Direito Público (outra área que me atrai), ou fazer Processo Civil, pois também sei que iria me ajudar na advocacia agora de início, porque precisarei advogar pra ter algum retorno financeiro para custear meus estudos.
    Por fim, são essas as minhas dúvidas, gostaria muito de uma luz, pois não quero perder tempo.
    Desde já, muito obrigado, professor Chacon!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor, no início da carreira a Pós Graduação deve ser escolhida conforme lhe será útil no dia a dia. Logicamente, isso pode variar de acordo com sua realidade profissional atual e também a região ou cidade onde atua. Porém, sempre imagino que matérias mais abrangentes, no início, são mais úteis, salvo você já esteja atuando com algo mais específico. Abç

      Excluir
  55. Boa tarde professor.
    Terminei meu curso de Direito no final de 2013. Sou servidora pública federal, não posso exercer no momento, porém, pretendo me aposentar e exercer a advocacia.
    As áreas que mais gosto são Direito Empresarial e Direito Tributário. No meu trabalho tenho contato direito com questões tributárias, que também, como já disse, gosto muito. Porém o meu foco será voltado para questões financeiras, o que me der um retorno melhor, tendo em vista que gosto das duas opções.
    Nesse caso, o que sugere?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurar um curso com foco prático, para que, quando sair para o mercado, tenha o domínio técnico jurídico para atuar. Fuja de cursos teóricos e revisões. Sucesso!

      Excluir
  56. Prezado Sr. Luis Fernando,
    Passei recentemente na OAB, sou formado também em Relações Internacionais e tenho pós em Direito Ambiental. Estou entrando no mercado da advocacia aqui no rio de Janeiro e, como vários outros colegas, com dúvidas em relação a uma pós que me dê um suporte para entrar no mercado. Penso em algo de empresarial ou tributário. Estou correto ou devo procurar uma pós mais voltada para áreas tradicionais como processo civil ou processo do trabalho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende do cenário que pretende atuar. se busca uma vaga no mercado de trabalho, sem experiência, vale um curso mais generalista como processo civil, pois as vagas para atuar no contencioso são mais fáceis de alcançar. Sucesso!

      Excluir
  57. Boa tarde, primeiramente parabéns pelo blog. Sou formada em Gestão de Rh a quase 2 anos e nunca trabalhei na área, talvez não fiz boa escolha com esse curso, pois até hoje não me proporcionou nada. Me interessei pelo curso Direito Previdenciário pois já trabalhei com Previdência Privada e gostei bastante. Minha dúvida é, eu posso fazer pós em outra área diferente da minha formação? Acha que isso irá agregar em algo para eu voltar a área trabalhar com Previdência? Desde já obrigada!!

    ResponderExcluir
  58. Boa Tarde Professor!!!!
    Por favor, gostaria de pedir um conselho.

    Sou formada desde 2007 e somente agora resolvi advogar. Estive fora da área jurídica desde então e pretendo fazer uma pós graduação com o objetivo de me atualizar e me preparar para a rotina de advogada.
    Com a sua experiencia, gostaria que me indicasse qual seria a melhor área para eu fazer uma pós? A que mais me ajudaria, de um modo geral, nesse início no mundo juridico?
    Gostaria de saber a matéria mesmo e não a instituição.

    Desde já, muito obrigada professor!
    Amanda

    ResponderExcluir
  59. Dr. Luiz Fernando
    Me formei em 2009, minha carteira da OAB é de 2010 e está em dia, porém,
    não tenho experiência na área e gostaria de entrar no mercado de trabalho e
    pensei em fazer uma pós, seria melhor eu começar pela pós em processo
    civil, pela minha fala de prática, o senhor acha que pós nesta área hoje em dia é vantagem? Qual a instituição que me indicaria para cursar? estou meio perdida e estou precisando trabalhar...

    Desde jã agradeço pela atenção, Mônica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cursos mais generalistas funcionam melhor para quem tem pouca prática!

      Excluir
  60. ótimas dicas, parabéns, quero advogar na área desportiva e trabalhista, qual pós você me indicaria primeiro? tem ligação entre essas duas áreas? obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalhista terá retorno imediato mais fácil, é uma área de base. Depois, a desportiva será mais especializada. Abç

      Excluir
  61. Boa noite, gostaria de saber o melhor curso de pós em processo civil e civil, em Goiás, DF ou São paulo. obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho como lhe informar! Faça uma pesquisa in loco, com ex alunos, etc. Peça para assistir uma aula experimental. Abç

      Excluir
  62. Bom dia, me formei a 7 anos mas nunca trabalhei pois sempre me mudei muito devido ao trabalho do meu marido, porém agora resolvemos ficar em São Paulo e com isso resolvi seguir uma carreira tirando assim a carteira da oab. Porem, como não tenho nenhuma experiência e hoje com 30 anos estou me sentindo desestimulada e achando muito dificil ingressar no mercado ,com isso pensei em fazer uma pos, mas estou muito em dúvida se faço em processo civil, empresarial ou trabalhista, pois pretendo trabalhar em empresas. pode me ajudar? tambem gostaria de saber qual a mais indicada,mackenzie, damasio ou EPD? grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se não tem experiência busque um curso o menos teórico possível, com aulas e exposições práticas. veja a ementa, visite uma aula, fale com ex alunos. O primeiro curso tem que ser mais generalista, para abranger um maior número de possibilidades. Sucesso!

      Excluir
  63. Bom dia, primeiro gostaria de parabeniza lo pelo blog.
    Bom, me formei a 8 anos mas nunca trabalhei pois sempre me mudei muito devido ao trabalho do meu marido. Como agora resolvemos fixar em sao paulo eu decidi começar a trabalhar e acabei de tirar oab, porem, sem ter experiencia alguma e hoje aos 30 anos estou me sentindo muito perdida e achando dificil ingressar no mercado de trabalho, sendo assim , pensei em fazer umas pos, mas estou em duvida se faço em processo civil, trabalhista ou empresarial, pois quero trabalhar em empresas. tambem gostaria de saberqual a mais recomendada, fgv, damasio ou mackenzie.
    grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina, se não tem experiência busque um curso o menos teórico possível, com aulas e exposições práticas. veja a ementa, visite uma aula, fale com ex alunos. O primeiro curso tem que ser mais generalista, para abranger um maior número de possibilidades. Sucesso!

      Excluir
  64. Prezado Dr. Luiz Fernando,
    Sou advogado há 9 anos. Já sou pós-graduado em Direito Público. No momento estou fazendo minha segunda pós-graduação, porém, em área diversa da do Direito, a saber: Estou estudando Gerenciamento da Construção Civil pela FGV. Sempre atuei com empreendimentos e no momento sou coordenador de contratos da construtora onde trabalho. Estou pensando em fazer um mestrado. Estou pensando em fazer DIREITO DA REGULAÇÃO, também pela FGV. Acredito que neste Mestrado amplio o leque no sentido de poder dar aula em universidades (o que faz parte dos meus planos), como também de haver aí um aprofundamento nesse segmento, ou seja, conhecer regras de agências reguladoras e ser especialista na gestão de contratos/negócios. Agradeço se puder me dar um feedback...parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua decisão depende um pouco do que planeja para seu futuro. Mestrado aconselhamos apenas para quem pretende aprofundar realmente o conhecimento em determinado segmento ou para lecionar. Para advogar imaginamos sempre mais útil um MBA ou LLM. Abç

      Excluir
  65. Boa noite.

    Gostei muito do post, é um ótimo indicador para quem está interessado em pós graduação em diresto como eu.

    Acabei de me formar em Direito e pego a minha carteira da OAB em setembro. Atualmente estou fazendo curso de extensão no novo CPC (no Damásio).

    Minha área de interesse é direito do consumidor. Aqui em Florianópolis um curso que oferece pós nessa área é o Damásio (telepresencial). Também andei pesquisando alguns que são oferecidos pela Internet...

    Gostaria muito da sua opinião sobre pós e também sobre advocacia na área do direito do consumidor.

    Desde já agradeço pela atenção.


    ResponderExcluir
  66. Boa noite Dr. Luis! Parabéns pelo Blog!
    Moro em Salvador e estou querendo iniciar uma pós graduação com especialização em ciências criminais, porém estou com bastante dúvida se faço uma presencial ou um à distância (exemplo da Estácio/CERS). Gostaria de saber se os cursos à distância estão sendo valorizados e qual é a "reputação" deles no mercado de trabalho. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O curso sempre dá resultados quando as aulas tem conteúdos práticos para uso no dia a dia profissional, visando, claro, os objetivos que você aponta. Para o mercado de trabalho o importante é "saber fazer" e dar resultados. Abraços

      Excluir
  67. Boa tarde professor! Adorei o seu post. Sou formada a 4 anos e ainda não possuo OAB, estou desmotivada e bastante confusa no que fazer. Estudei para concursos, mas também não tive sucesso. Pretendo fazer Pós Graduação em Processo Civil, de acordo com o novo CPC, mas não sei se estou indo para um caminho certo. Tenho medo de perder tempo e dinheiro, uma vez que não tenho a OAB. O que você me sugere?? Trabalhei como conciliadora na Vara de Familia e Sucessões e Execução Fiscal, porém nunca estagiei em nenhum escritório. Qual seria a melhor Pós a se fazer??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenha foco na OAB primeiro. Na sequencia para iniciar a carreira a pós em processo civil é interessante! Sucesso"!

      Excluir
  68. Prezado Dr Luis Fernando . Advogo há uns 10, tenho uma experiência relativamente boa. Gostaria de fazer pós em civel , mas devido as alterações do novo cpc , seria melhor fazer processo civil ? Há li alguns comentários de pessoas com dúvidas e ouvi falar muito bem da EPD - escola paulista de direito , mack é lógico boa e Damasio não conheço.

    ResponderExcluir
  69. Boa tarde Dr., estou interessado em uma pós graduação no ramo do Direito Médico e Hospitalar, por ser uma área bem específica, apenas encontrei o curso na EPD (SP) e no IPEBJ (Ribeirão Preto), como sou de Maringá-PR, fica difícil saber se esses cursos e escolas são bem conceituadas. Gostaria de saber sua opinião sobre as escolas. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A EPD conheço, tem bons cursos, voltados para a prática inclusive! Abç

      Excluir
  70. Fiquei muito feliz ao ler o seu texto, pois me deu alguns nortes, mais feliz ainda quando vi que continua respondendo aos leitores. Espero que responda o meu tbem. Caro, professor. Tenho um ano de OAB, trabalhei em um escritório pequeno (cível, trabalhista, família) Sai para ir em busca de algo que eu pudesse crescer junto com o escritório, bem como me especializar. Anseio ser uma ótima profissional no futuro, sinto que clinica geral não dá bons frutos, tanto financeiramente quanto pessoalmente. Sei duas áreas que não quero advogar: criminal e Trabalhista, as demais tenho muitas dúvidas.
    Atualmente estou em um escritorio empresarial, lido com execuções e monitórias. Acredito que será possível crescer aqui, para isso, pretendo estudar em breve. O problema é que no ramo do direito civil tem inumeras ramificações. Não faço ideia qual devo seguir. Fora Direito processual civil, qual outra área de p´s graduação é lato sensu? A qual eu poderia estudar e mais para frente mme dedicar melhor em outras. Desculpa pela prolixidade. Muito sucesso, obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta nem sempre vem na velocidade que desejamos, mas chega! A pós graduação "lato sensu" significa a carga horária do curso, não é mestrado. Para o começo de carreira a pós em processo civil e civil é sempre a mais indicada, salvo o profissional já tenha algo mais especializado no seu dia a dia. Pensando numa formação mais abrangente, continue com o processo civil, depois escolha uma segunda mais específica! Sucesso!!

      Excluir
  71. Bom dia, parabéns pelo seu trabalho, ajuda muito, principalmente para iniciantes como eu. Gostaria de fazer um pós em Direito Tributário, porem estou com duvidas a instituição de escolha. Você poderia me sugerir algumas com a experiência de ensino que ja possui?

    ResponderExcluir
  72. Prezado Luis Fernando,

    Qual a sua opinião sobre o mercado de trabalho no ramo de Direito Trabalhista? Iniciei agora uma pós graduação e assim que concluir vou fazer para Direito Empresarial. Será que vale a pena inverter? preciso de uma orientação.

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A área trabalhista é sempre relevante e interessante se houver público, ou seja, clientela! É uma justiça que tem resultados rápidos, portanto, isso também é positivo e, por isso, no começo de carreira é interessante! Tenha foco e sucesso!

      Excluir
  73. Bom Dia Drº Luis Fernando.
    Ótimas Dicas para nós estudantes de Direito, Parabéns.
    Gostaria de Saber sua opinião pela área de Direito Marítimo, visto que o mesmo não é muito 'popular' como as outras áreas do Direito. sou apaixonada pela área marítima, e por Direito, resolvi associar ambas, desde que entrei para o curso de direito, mas tenho poucas informações se a área é promissora, já li alguns artigos sobre a atuação do direito nessa área e me interesso muitos, pois é o que quero, sei que são poucas as instituições que oferecem o curso de pós-graduação, seria um investimento muito grande pois teria que me mudar de cidade para realizá-lo, pois sou do RJ. Agradeço desde Já se poder tirar minhas duvidas quanto a área, tudo que souber e for possível a informação será muito bem recebida.Obrigada !

    ResponderExcluir
  74. Bom Dia Drº, Ótimas dicas, Parabéns
    Gostaria de Saber, sobre a área do Direito Marítimo, visto que a mesma é pouco comentada, é de dificil acesso a informações. Sou apaixonada por maritima, e pelo Direito , quando resolvi cursar Direito, já entrei decidida a fazer pós em Direito marítimo e conciliar ambas, mas tenho duvidas se a área é promissora, devido o difícil acesso. Obrigada !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Áreas de alta especialização são sempre promissoras. Você começa corretamente ao estudar detalhadamente isso desde o início! Tenha foco e colha o resultado!

      Excluir
  75. Olá, Dr.

    Sou formada em Direito e comecei a me interessar em Direito Marítimo. Estou pensando em fazer uma pós na área e depois um mestrado em algum outro país. O senhor acha que seria melhor uma pós em outra área, como Direito Comercial, ou já em Direito Marítimo seria melhor? Seria esta uma boa área?

    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que uma formação mais abrangente, no início, que atinja os interesses do direito marítimo no futuro, seria mais interessante para o CV. Sucesso

      Excluir
  76. Boa tarde Doutor!
    Ótimo texto e excelentes dicas!
    Gostaria de saber sua opinião quanto a pós em direito de família, pois acabo de me formar e tenho interesse em continuar estudando.
    Desde já grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue mesmo estudando! A escolha é positiva e é bom mercado para iniciar! Grande abraço e sucesso

      Excluir
  77. Boa noite! Sou formada há 12 anos, nunca advoguei e também ainda não tenho a carteira da ordem, pois trabalhava na área comercial (crédito imobiliário) de um banco e deixei o tempo passar. Sempre desejei dar aulas, mas não sei por onde começar, se posso iniciar somente com uma pós ou não. Gostaria de fazer em Direito Tributário e ou Direito Penal, em um curso que além de me preparar para lecionar, me dê embasamento para atuar na área, o direito imobiliário também seria uma opção, mas talvez o campo para lecionar não seja bom. Alguma sugestão de instituições para essas duas áreas? Outra questão é que já tenho 41 anos, talvez para mim o começo seja bem mais complicado.
    Aguardo seus comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua experiência pode ser muito útil, para gerar confiança e para demonstrar conhecimento. Busque uma atuação focada em sua expertise não jurídica, pois certamente isso eliminará os detalhes que aparentemente seriam fraquezas, ok! Sucesso

      Excluir
  78. Boa noite!
    Dr Luis Fernando, focar em três ramificações do direito tais como: Direito Imobiliário, Ambiental e Direito Tributário?

    Acha que as três áreas tem algo em comum?

    Parabéns pelo texto.

    Desde já agradecido.

    Att., Carlos Cavalcante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza possuem ligações e se bem trabalhadas contribuem e muito para entregar um serviço diferenciado ao cliente. sucesso!

      Excluir
  79. Bom dia Dr.
    Acabei de me formar e estou querendo fazer uma pós. Porém essa dúvida de qual área seguir anda me matando..
    Gosto muito de Processo Civil, devido ao aprofundamento na segunda fase da OAB. Aqui no meu estado (Rondônia), na maior parte das vezes vejo advocacias voltadas ao direito empresarial.
    Cheguei a colocar na cabeça que a matéria pela qual mais tenho dificuldade deveria ser a minha pós ( nesse caso constitucional),
    sem contar que os cursos presenciais aqui, comparado as grades dos online me parecem bem fracos (ex: enquanto um curso online é únicamente voltado ao processo civil com duração de 18 meses, aqui tem cursos de 18 meses com a mesma carga horaria, que junta direito civil e processo civil). Enfim, indica algum curso de pós online?
    Agora sobre a matéria. Será muito cedo pra eu pensar em pós?
    Minha paixão é processo civil, porém fico com essas dúvidas.
    Se eu fosse escolher um curso tendo em vista o mercado de trabalho, ou seria trabalhista ou empresarial, duas matérias suportáveis ou meu ver.
    E sobre constitucional, será que essa minha linha de raciocínio confere?
    Agradeço desde já! Amei seu post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pesquise com colegas que já cursaram eventuais pós on line! Tente pelo site das instituições ter acesso a conteúdos e aulas de demonstração. Prefira cursos que já formaram turmas ... Busque inicialmente um curso de formação mais genérica e abrangente, para formar sua base técnica! Abraços e sucesso

      Excluir
  80. Olá, Drº Luis Fernando.
    Primeiramente agradeço por compartilhar sua sabedoria com todos nós. Muito importante para àqueles que estão em busca de um norte, assim como eu. Obrigada mesmo.
    Acabei de tirar minha OAB, porém, como todos aqui eu também estou sem saber em que área focar.
    Pensei em Direito bancário para iniciar.
    Só me der uma opinião.
    Obrigada mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, acredito melhor uma área mais abrangente primeiro, como direito civil e processo civil, ou trabalho e processo do trabalho. Essa base servirá, depois, para qualquer outra área... abraços

      Excluir
  81. Olá professor!!
    Sou refém formada e todas as minhas experiências como estagiária se deram na área trabalhista (por coincidência), em dois escritórios de advocacia e no Jurídico da Caixa Econômica Federal. Gosto muito do Direito Trabalhista mas me questiono se é a área que realmente desejo. Tenho muito interesse no Direito Internacional e gostaria de saber se é um ramo o qual existe oportunidade de crescimento no Brasil ou mesmo no exterior. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma área sempre presente em todos os países. O ideal é focar a atuação em grandes centros e grandes escritórios ou departamentos jurídicos de multinacionais. Sucesso!

      Excluir
  82. Olá, adorei seu texto!
    Mas uma dúvida ainda me tira o sono. Acabei de terminar a graduação e pretendo começar uma especialização. Tendo em vista que quero fazer concursos públicos, tenho dúvida se faço uma pós em um assunto que tenha afinidade, como por exemplo direito administrativo que adoro e tenho amplo conhecimento da matéria, ou escolher uma matéria que sei que precisarei dominar nos concursos que pretendo fazer(delegado, promotor ou defensor público), mesmo sendo meu ponto fraco, pois é a matéria que mais tenho dificuldade em assimilar (principalmente aquela parte geral). Agradeço desde já a atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o objetivo é concurso, acredito que o ideal é buscar uma pós graduação que favoreça ampliar conhecimento em áreas não tão dominadas por você. Sucesso!

      Excluir
  83. Olá amigo, não sei se estou atrasado para comentar aqui mas lá vai:

    Me formo no final do ano e busco especialização em Direito do Trabalho. Gostaria de suas opiniões acerca de instituições que atendam esse fim.

    Primeiramente, moro no ES e busco por algo, no máximo, na região Sudeste. Por enquanto não faço distinção entre públicas e privadas, mas certamente é algo a se discutir.

    Outro ponto importante é que busco por uma especialização menos voltada para um viés marxista, o qual, de certa forma, pautou a formação da maioria dos juristas trabalhistas no Brasil. Em suma, quero seguir algo na linha do atual ministro presidente do TST, Ives Gandra Martins, e de doutrinadores como José Pastore. Algo que interliga o direito do trabalho com a leitura moderna do capitalismo e menos carregado da leitura sob a luta de classes.

    Será que isso é possível? Há alguma instituição atualmente no mercado que tenha essas características?

    No mais, aguardo retorno, aqui ou diretamente por email, se possível. Aí segue: andrechiabay@gmail.com.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, se você busca uma linha de pensamento jurídico, a escolha deve se pautar pelos professores da casa e pela ementa/bibliografia. Não sei te indicar de pronto, mas é possível pesquisar pelo próprio currículo dos professores que procura, ok! Grande abraço

      Excluir
  84. Olá querido prof. Luis,

    Trabalho a 13 anos em banco, penso em ser auditor na instituicao, passei na oab e concluo neste ano...Penso em fazer mestrado e ensinar constitucional ou processo, porém na prática atuar como voluntario na Associação de Pracas da policia Militar e civil,; o que o senhor me sugere...Especialização em constitucional seria uma boa pedida??? ou pratica criminal, ja que não tenho experiencia..mas desnvoltura;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, acredito que precisa ser definido melhor seu objetivo, pois está muito diluída sua intenção futura. Pense em aproveitar sua experiência administrativa para atuar no Direito com algo em que isso faça diferença! At

      Excluir
  85. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  86. Bom dia
    Gostei muito do sei blog e de saber que responde as perguntas..
    Bom neste caso, segue minha duvida.
    Sou formada desde de 2010 e durante a graduação trabalhei em escritório de contabilidade, tenho o CRC de contadora mas não assino por nenhuma empresa e hoje trabalho para empresa privada na área Fiscal e RH,devido a minha experiencia na área,hoje tenho minha carteira da Ordem e quero advogar,mas quero fazer diferença pois na minha cidade há muitos advogados,sendo que sou do interior.Gostaria de saber se é boa escolha aprofundar na Areá Tributaria ou Empresarial? Ha uma possibilidade de Previdenciário também.Qual para mim qual seria sua melhor indicação?
    Fazer um pós e advogar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Aline, usar sua experiência e sua titularização anterior para fortalecer e ser seu diferencial na área jurídica! Esse é o caminho! Grande abraço

      Excluir
  87. Boa tarde Dr., quero me especializar e aprender mais o Direito PRevidenciário, para advogar nesta área. Qual pós me recomenda? Online de preferência.

    Obrigada

    Jéssica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Jéssica, não costumo indicar cursos. Peço que faça o seguinte: pesquise com ex alunos e peça para ter acesso experimental ao conteúdo, assim você poderá fazer a melhor escolha, ok! Boa sorte

      Excluir
  88. Dr., pretendo advogar na área previdenciária, me recomenda algum curso para que eu aprender e já comece a advogar na área mais rápido e depois faça uma pós? Qual pós recomendaria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Jéssica, não costumo indicar cursos. Peço que faça o seguinte: pesquise com ex alunos e peça para ter acesso experimental ao conteúdo, assim você poderá fazer a melhor escolha, ok! Boa sorte

      Excluir
  89. Professor, minha dúvida é entre fazer especialização em Direito Constitucional ou Direito Público, ambas no Complexo de Ensino Damásio de Jesus. Estou com muita dúvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, depende do objetivo posterior. Reflita nesse sentido!
      At

      Excluir
  90. Bom dia,

    Me formei no último dia 05, passei na OAB em janeiro, mas ainda não realizei a minha inscrição.
    Durante a graduação, fiz dois anos de estágio no MP e quatro meses na defensoria pública, sempre na área de família e sucessões.
    Ocorre que eu moro no interior e os advogados aqui costumam contratar apenas na base da "peixada".
    Eu não estou conseguindo encontrar emprego nem mesmo em áreas alheias ao direito e isso me desanima bastante.
    Não tenho condições financeiras de abrir um escritório sozinha, apesar de ter uma boa experiência prática (menos com audiências).
    Pensei em fazer uma pós graduação em Direito Civil na PUC Minas Virtual, mas não estou segura, será que eu devo esperar encontrar um emprego como advogada para iniciar uma pós? É que tenho medo de não conseguir iniciar a minha carreira como advogada.
    Sempre fui bastante estudiosa e passei em primeiro lugar nos processos seletivos de estágio, passei na OAB ainda no 9º período, mas agora vejo tantas dificuldades... As portas não querem se abrir. Gostaria de uma luz, um conselho sobre o que eu poderia fazer para começar a atuar. Preciso trabalhar.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, insista! Tente se organizar, retomar contatos com professores e colegas que já estão no mercado. Persista! Uma pós pode lhe aproximar de pessoas, e isso é sempre útil para iniciar! Boa sorte

      Excluir
  91. Olá, Dr. Luis Fernando!
    Gostei muito do seu texto, que é bastante esclarecedor!
    Meu nome é Mônica, moro em Brasília-DF.
    Me formei há 11 anos e nunca exerci a advocacia.
    Me aposentei há dois anos e exerci a função de agente de polícia civil por 21 anos.
    Tenho mais facilidade com o direito penal, mas não pretendo atuar na área criminal. Quero exercer a advocacia de uma forma bem pratica,não gosto de muita teoria. Qual área seria mais indicada para eu atuar em Brasília, que seja bem procurada e que eu tenha oportunidade de crescer? Trabalho? imobiliário? Prevideniário? Pode me indicar alguma instituição?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mônica, difícil falar sem ter mais informações! Sua atuação anterior pode lhe ajudar muito com o direito administrativo, com áreas afins. Mas, o ideal é ter também prazer no que se vai fazer! Um abraço

      Excluir
    2. Obrigada pela informação, Dr. Luis Fernando!
      Não querendo incomodar, esclareço que só tive experiência na área penal e processual penal, mas que não quero trabalhar na área criminal. Tenho dúvida entre me especializar na área de trabalho e processo do trabalho ou previdenciário. Qual seria melhor para eu iniciar minha vida na advocacia, visto que não tenho experiência em nenhuma delas? O Senhor pode me indicar alguma instituição em pós aqui em brasília-DF ou on line? Grata pela atenção!

      Excluir
  92. Olá Drº. Luis Fernando, boa noite!
    Me chamo Naty Rêgo, achei super interessante as postagens acima e resolvi também expressar minha dúvida, a fim de extingui-la.
    Me formei em Direito em 2010, de la para cá, nada fiz na área. Hoje penso em retomar esse ramo, mas não sei como ainda...
    Atualmente sou corretora de imóveis. Penso em fazer uma pós em gestão pública e também penso em me especializar em direito imobiliário, mas sem certeza do que realmente eu quero. E essas minhas indecisões só me atrapalhando...

    Só queria uma dica de acordo com sua vasta experiência, entre: Gestão Pública ou Direito Imobiliário?
    Grata desde já!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for para permanecer na área de corretagem a pós de direito imobiliário é mais adequada!

      Excluir
  93. Olá, professor. Inicialmente, quero externar minha satisfação com suas explanações.
    Gostaria de sugestões sobre como devo proceder para me colocar no mercado. Já estagiei em cartório cível, na Procuradoria-Geral do Estado e, atualmente, trabalho em um setor de vendas de uma padaria e confeitaria. Desde o início da faculdade tive que trabalhar em áreas alheias ao curso de direito, devido ao fato de que tenho que custear a faculdade sozinho, bem como despender com os custos de aluguel de onde moro e demais despesas de subsistência. Falta um ano e meio para eu me formar.
    Embora nunca tive contato com a prática trabalhista, esta é a área na qual pretendo atuar, pois tenho paixão pelo direito do trabalho. Da mesma forma, certo tempo estudei para o concurso do INSS, de forma que me identifiquei com o direito previdenciário.Assim, caro professor, gostaria de saber se há possibilidade de atuar nessas duas áreas. Primeiramente, penso, assim que eu tiver condições, em me especializar na área trabalhista e, somente após adquirir certa experiência nesta área, iri me especializar no direito previdenciário. O que você acha sobre isso? Como mencionei, não tenho a mínima experiência em ambas as áreas, apenas me identifiquei com tais.
    Grato por sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O começo é sempre genérico para a maioria dos advogados. O importante é ter foco e dedicação para as áreas pretendidas, de modo a realmente se especializar e atuar somente em tais segmentos!

      Excluir
  94. Olá Dr. Luis Fernando
    Pós graduação em Direito e processo penal, qual escola indica, EPD ou MACKENZIE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal é pesquisar com ex alunos e pedir para assistir uma aula experimental, visitando a instituição!! Abraços

      Excluir
  95. Olá Dr. Luis Fernando, Boa Tarde.
    Sou recém formado pela PUC Minas, já estagiei durante alguns meses em um escritório de advocacia em minha cidade durante a graduação. No entanto estou com dúvidas no que fazer agora após a graduação, no momento não trabalho, estou focando na OAB e tenho interesse na área de direito penal e processual penal, também gosto da área trabalhista.
    Tenho interesse em fazer uma pós graduação em direito penal e processual penal pois, não queria ficar parado, sem estudar após a graduação. O curso de pós da LFG (telepresencial) em direito penal e processual penal seria uma boa Dr. Luis? Obrigado e Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Acredito que a pós graduação deve ser matéria prima para sua atuação profissional! Então, depende muito de onde pretende chegar ok! Abraços

      Excluir
  96. Olá, Dr. Luis Fernando. Gostaria de uma sugestão sobre qual pós graduação devo investir, se Direito Público ou Empresarial, uma vez que desejo trabalhar no departamento jurídico de grandes empresas. A dúvida existe porque gosto muito do Direito Administrativo, com foco em licitações e contratos, no entanto não sei se o Direito Público é atrativo para empresas.. Se seria melhor fazer Empresarial.
    Desde já, agradeço a sua atenção.

    ResponderExcluir
  97. Olá professor! Montei um escritório de advocacia com a minha prima que é especialista em direito do trabalho. Fiz um curso de previdenciário de pouca duração e achei horrível porque odeio cálculos. O escritório tem apenas 10 meses e as causas que tem aparecido além de trabalhista e previdenciário, são cíveis e família. Pensamos também em atender empresas para a manutenção do escritório. Duas dúvidas: 1ª se faço pós-graduação específica em direito empresarial (não tenho nenhum conhecimento) para atendermos empresas ou faço uma pós que abrange cível, família e empresarial que tem na Puc. Segunda dúvida: somos apenas duas advogadas, podemos e devemos mesclar pessoa física e pessoa jurídica? tenho receio de atender empresa, trabalhar muito, ganhar pouco (só para manter o escritório) e não conseguir atender meus clientes pessoa física. Obs: estamos conseguindo manter o escritório sem precisar atender empresa. Desde já agradeço a sua atenção. Eliziane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dras, "com o andar da carruagem as abóboras se ajeitam", tenham fé, trabalhem muito e acreditem no seu potencial! Vocês precisam somar forças, somar diferenças. Se vocês gostam de atender PF, está dando retorno, tenham foco e se mantenham nisso (obviamente busque uma Pós que lhe traga vantagem nisso), abç

      Excluir
  98. Bom dia, Dr. Fernando! Excelentes comentários, agregam muito em um momento de decisão!
    Eu estou em um empasse, me formei a 10 anos, tinha 23 anos na época e não foquei em um objetivo. Acabei advogando aleatoriamente nesse tempo, abri uma empresa de registro de marcas e patentes, a qual não foquei tbm e por fim assumi a administração de um posto de combustíveis nos últimos 5 anos, o qual foi vendido agora início do ano. Me vejo hoje, como uma advogada, sem experiência, que nunca focou na carreira e desatualizada. Minha dúvida se divide em relação a qual área representaria um bom recomeço. Não sei qual a área que tenho mais afinidade, acabei atuando sempre como empresária e não advogada. Pensei em investir em um mba na Fgv de direito empresarial ou uma pós em contratos e responsabilidade civil, porém, vejo muitos comentarem que para começar, o retorno financeiro mais rápido seria trabalhista e previdenciário! Pessoa confusa sou eu. Qual sua opinião para um recomeço? Alguma área em maior ascensão? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais importante é ter foco, gostar do que se pretende fazer no futuro e se preparar tecnicamente para ele. Realmente algumas áreas dão retorno mais rápido, o caixa gira mais, como a trabalhista, a previdenciária mencionadas. Porém, isso pode ser também relativo. Ter foco e seguir em frente é mais importante! Um abraço

      Excluir

Leitor, por favor, identifique-se!